Começando pela ciclovia

Oi meninas! Hoje,  vim contar sobre o meu primeiro “pedal chic”  junto com a mana. Não que eu nunca tenha pedalado na vida. Mas quando eu andava de bicicleta, há 15 anos atrás, as coisas eram diferente. Eu morava em um bairro pequeno, onde a pracinha era ponto de encontro da meninada, não haviam muitos carros circulando pelas ruas, enfim, bem diferente dos dias atuais.

Escolhemos a beira-mar norte como local, ideal para sentir a vibe de andar de bicicleta no centro da cidade. Apesar de ser ciclovia, para chegar até ela é preciso pedalar por locais onde não há ciclovias e atravessar alguns semáforos.

É importante saber que existem algumas regrinhas básicas para pedalar, e as regras aprendidas no dia foram:

  • Lugar de bicicleta é nas ciclovias/ciclofaixas e na falta delas, na rua e não em cima de calçada, quando precisar transitar em uma, desça da bicicleta e empurre ela enquanto estiver sobre a calçada;
  • Sempre andar pelo lado direito da faixa;
  • Parar no locais indicados quando houver pedestres atravessando a ciclovia;
  • Usar a buzina para alertar pedestres desavisados que você está passando.

Regras ok, agora é hora de pedalar! Ah, antes deixa só eu falar das roupas que escolhi:

Para o primeiro pedal, nada de salto alto… o ideal para pedalar é usar um calçado que seja preso no calcanhar para não sair do pé, então optei por um tênis desses de couro para me sentir mais segura. Até porque a bicicleta não é minha e eu ainda não tinha subido nela.

E para vestir, nessa época do ano é indicado o uso de roupas leves, então escolhi uma camisa de viscose e um short de sarja, ambos os tecidos tem algodão na composição que favorecem a transpiração.

O passeio foi uma delícia, com direito a parada para um cafézinho antes de voltar para casa, adorei! Conforme for me aventurando mais vou contando aqui pra vocês no Diário de uma iniciante.

cycle chic

cycle chic 2

cycle chic 3

As bicicletas das fotos são do casal Aline e Ari, elas são lindas e tem até nome, se chamam Brigitte (bege) e Henriqueta (preta). As duas são bem antigas, o casal acredita que a Brigitte seja da década de 30 e a Henriqueta da década de 50. Mas parece que saíram da loja hoje! Foram restauradas e hoje chamam atenção por onde passam como se fosse duas garotinhas de 20 anos. 😉

E o seu estilo de bike, qual é?

Beijos, Michelle.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *