Dica de Filme para quem ama bicicletas – Homem Livre

A gente fala bastante aqui no blog sobre cicloturismo né?
É porque amamos viajar!! E achamos que viajar de bicicleta tem um encanto ainda maior… Mas o que dizer de viajar ao redor do mundo de bicicleta sozinho? Isso mesmo que você leu, ao redor do mundo!! Hoje temos uma dica de filme para quem ama bicicletas, e principalmente, para quem curte viajar de bike… é um prato cheio de inspiração e aventura…
Está acontecendo em Floripa, o FAM – Florianópolis Audiovisual Mercosul, que  é um festival consagrado como um dos acontecimentos audiovisuais mais importantes do Sul do Brasil e que dentro da sua programação incluiu a exibição do filme/documentário  Homem Livre, na data de ontem (23/06/2015), junto com o lançamento do livro que leva o mesmo nome.
E nós do Bela na Bike fomos lá assistir ao filme e conferir tudo de perto!

O filme e o livro contam a experiência de Danilo Perrotti Machado, o brasileiro que percorreu mais de 50 mil quilômetros ao redor do mundo sobre uma bicicleta. O filme traz os desafios, os encontros com pessoas de diferentes povos, culturas e tudo que ele viu, sentiu e viveu ao pedalar sozinho durante três anos, três meses e três dias por 59 países do Planeta Terra. Certamente foram muitas histórias, muitas emoções e também dificuldades. Danilo viajava com poucos recursos financeiros e tinha que lidar com a iminência da morte, do perigo e da dificuldade de comunicação com línguas estranhas.
Além do sonho de viajar pelo mundo e conhecer diferentes culturas, Danilo tinha o propósito de incentivar o uso da bicicleta dentro de uma nova ótica de mundo, onde haja equilíbrio ambiental, social e econômico. Ele descreve sua escolha pela bicicleta da seguinte forma:
A bicicleta é um grande símbolo de liberdade, que transpõe não apenas as barreiras físicas do próprio homem, mas também as geográficas, sócio-culturais e econômicas, devido ao baixíssimo custo que ela apresenta.  A bicicleta é um meio-de-transporte limpo e unificador, já que permite um contato mais próximo com as pessoas, pelo tempo e espaço que oferece. Sendo ela um meio-de-transporte barato, saudável, não-poluente e interativo, a bicicleta torna-se uma importante ferramenta para a construção de um futuro sustentável e um planeta melhor para se viver.
Uma tecla em que Danilo bate durante o filme, e que nós também falamos aqui no blog sobre viajar de bicicleta, é a inserção total na cultura do local que ela proporciona. As pessoas interagem com você, elas querem te ajudar, elas são muito mais solidárias, mais simpáticas. Você percebe o entorno de outra maneira, e enxerga coisa que dificilmente veria se tivesse viajando de carro, por exemplo.

Enfim, a história é incrível e emocionante, vale a pena assistir… Ou comprar o livro, que segundo ele, tem uma riqueza infinitamente maior de detalhes. 😉

cicloturismo
Sabai mais no site do projeto Homem Livre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *